DDR`s Licenciados

Ontem dia 25 Março, foi um dia importante para todos os DDR`s; foi formalmente oficializada a admissão do novo elemento: NÉLSON MIRANDA, sendo agora o membro ddr mais marreta do grupo, superou em tempo record, todos os requisitos exigidos pela academia “Duros De Roer” e demonstrou ter espírito guerreiro p`ró pedal  assim como a “pancada” certa, por isso, foi com grande orgulho que todos os DDR`s o acolheram na equipa, e recebeu das mãos do Chefe o diploma, que o habilita oficialmente a proclamar: ” eu sou um Duro De Roer”

Em nome de todo o Grupo : Bem vindo Duro Nélson

É sempre motivo para regozijo para todos, quando entram elementos novos, como aconteceu agora com o Nélson e antes com o Paulo Fernandes para este grupo folgazão, que ao mais pequeno deslize, não perdoa, é logo motivo para umas boas gargalhadas, como daquela vez em que o Manel foi perseguido por um bando de cabras ao longo de uns quantos kms, durante a prova de btt na Povoa de Lanhoso, lembram-se? Ou daquela vez que……

Mas outro acontecimento igualmente muito relevante, foi a entrega de diplomas a todos os restantes membros do Grupo, um acto simbólico mas cheio de significado, que representa todas as aventuras, brincadeiras e vicissitudes porque todos já passamos neste Grupo tão singular que soube preservar ao longo de tantos anos a mística e união à causa ddr e tudo isto se deve essencialmente aos três elementos mais antigos:

Filipe, o Chefe e está tudo dito; o Francisco na retaguarda sempre empenhado e atento a todos os pormenores para que tudo funcione bem e ao Manuel, o Manel com o seu enorme far-play que o caracteriza, é a face visível das aventuras mais rocambolescas  e libídinosas (libídinosas? humm…), dos DDR`s.

Desculpem se estou a ser injusto para os restantes elementos antigos mas acho que é da mais elementar justiça aqui neste espaço público – o nosso blogue –  realçar estes três, mas se estou a ser injusto p`rós restantes, então os mais “marretas”, do qual eu me incluo, pedimos remissão pela falha e pagamo-lhes umas “bjekas”.


Treino de Domingo 14

Nada de anormal, um treino normal pelo meio do monte, por trilhos de calhaus, um pneu furado, depois ao descer os trilhos da Sra da Paz uns quantos trambolhões sempre pelo mesmo protagonista, Narciso,  ah!ah!ah! o quê? Pensam que é fácil com o tomates a dançar de um lado p`ró outro? ah pois é.

Bom, vistas as coisas, até não foi assim tão normal; tivemos um reabastecimento no alto do monte graças ao nosso ilustríssimo Aspirante (ASPIRANTE? AINDA? Atenção Gerência: há que promover este Aspirante rápidamente),

Rodamos duas metragens de 40 segundos, os artistas eram bons com destaque para o artista principal, o Nelson, o realizador  é que não valia nada, tanto trabalhinho do artista Nelson a atravessar o lago e depois mandou um filme pela pia abaixo, vá lá que escapou o outro.

Por fim a apoteose final em casa do Milo,

E viva o Mailo e viva o Nelson que trouxe salpicão e viva o Adélio que furou e viva o Paulo que não caíu e viva Eu que caí e viva o Chefe (o respeitinho é muito bonito) e por último VIVA OS DUROS DE ROER the best team of the world

Agora as aventuras “..eeeee o que é que nós somos?” chocantes dos Duros De Roer

Carregue aqui para ver o clip

Atenção: bolinha encarnada no canto superior direito

Treino de Domingo 07 Março

ddr Nelson Miranda

Um dia perfeito
Este que podia ser o Titulo de um mais um Livro, com algumas atracções ( gajas nuas 🙂 pelo meio, é tão somente… o dia da libertação de stress, da reunião dos duros,  como dizia o Narciso “casta sublime de heróis “, mas que infelizmente alguns parecem esquecer.
O dia de hoje tornou-se em mais um daqueles, em que a amizade dos presentes saiu reforçada, desde já um grande abraço ao Paulo, Ivo, Milo e ao grande Narciso.
Pois é…eu que sou aspirante a DURO, pergunto aos diplomados…que caral. o andam a fazer, que exemplo dão eles a quem sendo um aspirante, tudo faz para não faltar mas acima de tudo reforçar a “Mistica” de tão grandes Heróis. Espero que no proximo encontro esteja Sol e ou comida na mesa para que o pessoal não falte…..ou então gajas ao pedal.
Um grande abraço a quem comigo hoje subiu a mitica Franqueira….fui.