Skip to content

DDR`s nos “VII Trilhos da Maria da Fonte” e não só…

Terça-feira, Março 15, 2011

12 Março 2011

OS DDR`s  à (desen)RASCA

– «BTTAPÚLIA PELOS TRILHOS DA MARIA DA FONTE»,seria o título mais lógico para esta croniqueta gatafunhosa, para descrever a participação dos nove elementos, sete ddr`s XICO, TINO, MILO, BERTO, NELSON, PAULO F e NARCISO, e dois X-par CUNHA e BRUNO, pelos trilhos da P Lanhoso, ou então:

– «OS DUROS E AS MARATONAS DESTE SÁBADO», também se adequaria ao que efetivamente se passou neste último fim de semana, onde fomos submetidos a duas importante provas de resistência mas, por uma questão de solidariedade nacional com toda a gente à RASCA a manifestar-se pelo país, vamos títular «OS DDR`s À RASCA», até porque de algum modo numa e outra ocasião sentimos algumas dificuldades, facilmente ultrapassáveis mas, que não deixaram de ser dificuldades

Comecemos então pela Póvoa de Lanhoso – nos últimos tempos, os ddr`s sempre que participaram em provas oficiais, foram brindados, quase sempre com mau tempo e, mais uma vez, ontem não faltou chuva e lama em abundância pelos trilhos sempre espetaculares do MF a dificultar ainda mais os troços radicais e as calçadas em pedra muito tecnicistas a exigir muita concentração para não malhar com os queixos no granito

A organização da prova conseguiu a permissão do “DiverLanhoso”, um parque privado de desportos radicais, para a passagem do MF pelos trilhos downhilleiros (onde no dia 20 de Março vai efetuar-se uma prova XCO a contar para o campeonato regional), foi a parte da prova com mais descarga de adrenalina dos bttistas, foi também nesta parte onde houve mais trambolhões por metro quadrado, (até houve quem caísse com as burras pela mão), alguns com gravidade, por aquilo que se soube mais tarde.

Quando foi dada na partida o Cunha e o Bruno dois PROS de topo dos X-par, despediram-se da malta com um “Adeus até ao meu regresso” e lá foram eles na frente a comandar o pelotão, com os PROS ddr´s na sua peugada mas, desta vez sem o stress das classificações. O Paulo F pela primeira vez em muitas provas até aproveitou para lanchar calmamente quando chegou ao reforço compensando as vezes em que nunca parou e esperar pelo outros ddr`s, que vinham logo atrás. Diz lá Paulo, se não tives-te qualidade de vida nesta prova?

O Nelson como é seu timbre atacou os trilhos com a mesma determinação de sempre, resolveu não parar no reforço e assim continuou na frente de combate e pela sequência das fotos deve ter andado entre os primeiros dez ou vinte. Os restante desenrascaram-se bem dos malhanços em que foram protagonistas, o mais enrascado fui eu quando ao km 18 fui literalmente abalroado por um cc com a sua burra numa ultrapassagem mal calculada que além de me atirar de cangalhas deu cabo da manete do travão de trás e empenou o drop-out, obrigando-me a fazer o resto do percurso até ao reforço com a minha Santa pela arreata, como era a subir pouco tempo perdi e se não fosse um membro da organização desenrascar-me teria ficado por ali, felizmente deu um jeito na burra e pude continuar até final. Está decidido, p`ra próxima vou p`ra frente do pelotão e assim evito estas coisas.

Se os ddr`s,( alguns), desenrascaram-se bem, quando malharam com os cotos na lama com exceção (acho que agora é assim que se escreve, com o tal acordo ortográfico) de mim que me armei em carapau de corrida a querer fazer ver como se descia a dois men, que hesitavam se haviam de descer a cavalo ou desmontar da burra, passei por eles todo racing e uns metros à frente a roda de trás da minha Santa colou devido ao tal problema tido anteriormente e a derrapar passou a roda da frente e fui malhar com uma pinta do c depois de tirar a casca a dois pinheiros, no meio do mato, com os dois men meio a sério, meio a gozar a perguntar “então pá estás bem?”

No final, enquanto esperava para lavar a minha burra ia ouvindo os comentários todos eles centrados na parte downhilleira, houve quem gostasse talvez a maioria “simplesmente fantástico” e, quem não gostasse achando esta parte muito perigosa para uma prova com estas caraterísticas. Num ponto todos estavam de acordo e eu também: foram os trilhos mais duros espetaculares de sempre de todas as seis edições anteriores.

Estes trilhos terminaram com uma bela feijoada no meio de alegre convívio ddr/x-par/btt Fonte Boa (este último representado pelo Paulo Carreira)

A primeira maratona do dia estava concluída com êxito

Para os que gostam de dados:

Há fotos  dos Trilhos no site BTT Maria da Fonte

Vídeo da passagem do MF pelo DiverLanhoso:

Vídeo feito pelos bttpinoco:

<p><a href=”http://vimeo.com/21056131″>Pelos Trilhos da Maria da Fonte VII</a> from <a href=”http://vimeo.com/user2338943″>Helder Azevedo</a> on <a href=”http://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

Parte II

Respondendo ao convite do grande Duro De Roer Nelson Miranda, os ddr`s compareceram em peso à segunda maratona gastronómica realizada em casa dos seus pais em Viatodos.

Os obstáculos foram-se sucedendo, papas de sarrabulho, bolo no forno com toucinho toda a gente passou sem dificuldade, cozido também passamos, frango de cabidela a coisa começava a complicar-se mas com esforço lá conseguimos, de repente ficamos todos à rasca como ultrapassar o obstáculo que ora se deparou na nossa frente em forma de alguidar com sopas de cavalo cansado. Só com muita dificuldade é que nos desenrascamos, graças ao traquejo adquirido nos treinos da Sra do Minho para aguentar esta maratona até final

Foi um serão formidável, de saudável convívio, onde se falou um pouco de tudo e de nada mas, aquela poesia brejeira declamada pela grande poetisa D.Rosália realçou bem o espírito alegre deste sarau animado com uma pinga de tinto de estalo que além de nos desinibir por completo, regou o abundante e luxoso repasto com que fomos presenteados mais uma vez pelas Sras D.Arminda e D.Rosália

Em nome de todos os presentes que tiveram a sorte de participarem nesta prova nhac, nhac, um muito obrigado ao Nelson e aos seus Pais pela simpatia e alegria com que nos receberam e os parabéns pelo saborosos pitéus com que fomos obsequiados.

Filipe,Xico,Manel,Tino, Milo, Paulo Pinho, Berto, Ivo, Futre, Paulo F, Nelson, Alexandre e Narciso

PS: aguardo fotos dos “tiradores” de serviço

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: