Skip to content

3º BTT AZENHAS DO NEIVA

Segunda-feira, Julho 18, 2011

3º btt Azenhas do Neiva 

S.Paio d`Antas

Domingo, 17 Julho 2011

Para quem gosta de praticar desporto com bicicletas todo terreno e testar as suas capacidades na modalidade, teve hoje uma oportunidade  soberana de o fazer

Quem participou na 3BAN, que em boa hora a associação de defesa do ambiente do rio Neiva organizou, depois de um interregno de dois anos, não se arrependeu e deu por bem empregue o tempo despendido nesta manhã de Domingo

A organização tinha avisado que os 45kms (46km), seriam de dificuldade física e técnica, alta, de facto assim foi, outra coisa não seria de esperar para quem conhece as características morfológicas do terreno da parte oriental da freguesia

Os “Duros De Roer” não podiam faltar, mesmo que os nossos amigos das idas a Fátima: Raul Abreu, Leonardo Sampaio e João Jaques, não nos tivessem convidado, compareceríamos sempre, alinhamos seis, a elite dos ddr: FILIPE, CHICO, MILO, NARCISO, NELSON e CÉSAR , ainda houve outro pseudo ddr – o corso Virgílio -, que na véspera insistiu que queria participar, mas “deixei  a bike na Corsega”, de pronto o chefe emprestou-lhe a Scott com a promessa de não faltar…são 21h50, alguém viu o Virgilio e a Scott? E assim o chefe teve que se aguentar com a Merida sem nexexidade  

Foi notória a boa disposição do grupo na linha da partida a meias com os três X-par`s CELESTINO, CÉSAR e ZÉ MANEL (?), enquanto se realizava o sorteio, com recados  para o homem mexer mais com a mão nas bolas, não adiantou nada, as bolas da saca tinham quase todas o mesmo algarismo das unidades, nem a ida a Fátima a pé, um dos prémios anunciados pela organização e que toda a gente cobiçava, nada,  as bolas tinham de ser mexidas com mais força

A partida foi dada, com atraso de vinte minutos da hora prevista e, lá fomos à conquista, ou antes: à reconquista, porque quase todos os trilhos por onde passamos, já eram nossos conhecidos dos treinos domingueiros e Quintas à noite, nunca fizemos foi tantas subidas só numa manhã como hoje, desconfio que fizemos todas as que haviam por ali e mais algumas, a prova de Curvos foi uma brincadeira comparada com esta

O Nelson teve azar; para resolver o primeiro furo, teve uma câmara-de-ar, mas para o segundo furo não e foi forçado a terminar a meio; o Milo desta vez não perdeu as luvas, perdeu o bidon e ficou sem água e desesperado com sede, ofereceu cinco euros a um ciclista por uma garrafa de água… isotónica; o Chico alheio a tudo prosseguia impávido e sereno lá na frente; o Filipe com a arrastadeira Merida e o César ao passar na azenha do Minante não resistiram e foram ao mergulho, mantendo assim a tradição quando vimos treinar para estes lados, eu fiquei bem arrependido de não ter esperado por eles e feito o mesmo. A este grupo tem sempre que acontecer qualquer coisa, quando não acontece é porque algo está mal

Esta prova foi feita só para homens de barba rija e dinâmica, duros e, mulheres com fibra de campeãs e sem medos, que gostam verdadeiramente do espírito bêtêtista, da natureza, da aventura e do gozo do desafio, proporcionado pelas dificuldades próprias dos percursos todo terreno com bicicletas de montanha

Se a razão por não terem participado mais atletas nesta prova, foi não ter havido tempos atribuídos no final, como ouvi alguém comentar no Domingo passado em Curvos, perderam uma bela jornada de btt, mas eu acredito que a principal razão foi o medo, quando viram o nível do grau de dificuldade anunciado no cartaz de propaganda e as inscrições dos seis ddr`s de elite

Foi uma prova foi bem organizada, tirando o atraso da partida, sem falhas com tracks  fantásticos, pedregosos e muito técnicos a maior parte pelo interior dos pinhais das freguesias vizinhas e com os 12 kms finais pelas margens do rio Neiva, atravessando por duas vezes o rio, por single tracks  adrenileiros, por entre uma bela paisagem rodeada de arvores

Uma palavra para as meninas do reforço, além da simpatia, foram assertivas nos seus comentários “os da frente passaram sem olhar para nós”… que parvos

Os primeiros a terminar tiveram prémio, não sei quem chegou primeiro ou terceiro, mas sei que em segundo, foi o suspeito do costume: o X-par Celestino Faria: Parabéns, mas para a próxima queremos que chegues em primeiro, queremos ver-te em cima do caixote nº 1 

Os “Duros De Roer” BTT APÚLIA,  endereçam daqui os parabéns, à Associação de Defesa do Rio Neiva pela organização desta excelente prova

As fotos dos topo de gama:

2 comentários leave one →
  1. Francisco permalink
    Terça-feira, Julho 19, 2011 22:18

    Tás mais uma vez , não muitas vezes de parabens pela tua simpatica escrita digna de um grande ….DDR. isso mesmo. tenho dito.
    Um grande e forte abraço deste teu amigo Chico.

    Gostar

  2. rui novo rio neiva permalink
    Quarta-feira, Julho 20, 2011 19:54

    ola pessoal.o meu obrigado pela vossa presença em mais um azenhas….

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: