Skip to content

S.Martinho!!! na boa

Domingo, Novembro 13, 2011

Sábado, 12 Novembro 2011

 S.Martinho!!! na boa

Numa altura em que toda a gente anda acabrunhada com a crise, com o euro, com a troika, com a tia Merkel e o tio Sarkozy, com os eurobonds  seja lá o que isso for, com os sanguessugas que nos emprestam dinheiro para nos ajudarem!!! Bolas, rica ajuda, afinal quem ajuda quem? Nós é que ajudamos  esses estupores a enriquecer  ainda mais com os juros pornográficos que temos de lhes pagar. Com ajudas destas estamos  bem fodidos

Numa altura em que somos bombardeados a toda a hora com  noticias desgraçadas sobre o ” ai o que aí vem”, dissecadas até à exaustão,  pelos opinadores  de serviço, na escrita ou falada,  a darem o seu palpite sobre o óbvio, ou  com soluções  milagrosas  parecidas com as receitas da cartilha do professor Karamba, (o tal que cura todos os males do físico, do mau olhado e dos problemas com dinheiro),  para salvar o país  da tirania do FMI, a desafiarem-se a ver qual deles consegue  com a sua prosápia provocar efeito mais  devastador  no já depauperado ego dos portugas.

Já não basta sermos um povo triste, sem jeito para se divertir, vendo sempre o lado negativo das coisas, o copo sempre meio vazio e não meio cheio, a nossa imprensa tem uma apetência diabólica para ajudar  ainda mais o zé tuga a manter  a letargia deprimente e macambúzia que o carateriza. Uma noticia quanto mais má, melhor, vende-se mais papel,  mas o zé povo também  tem culpas no cartório, se um jornal trás uma noticia escancarada na primeira página xpto: “O homem que matou a vaca à chapada”, ou  a mão direita do Ronaldo com o dedo do meio esticado a mostrar aos  bósnios que ainda não está comprometido com a Irina, a russa, é garantido que vão adorar, durante  uns tempos  comentam o sucedido com quem os quer ouvir, em tons negativos claro, com ar sério acrescentando uns pozinhos a mais  além do noticiado  “ já viste a tareia que a  homem deu na vaca? Pois olha: foi muito bem feito por ter corneado o boi, coitado”  quanto ao  Ronaldo ”com aquele dedo em riste o rapaz  estava a tentar  ensinar aos bósnios  a posição correta para levarem  no…e não para apagarem os lasers como toda a gente julgou”,  o que interessa mesmo é  provocar  impacto na tertúlia do café e diminuir a ego ao  parceiro

Títulos como: “Ontem, em Criaz durante um convívio entre dois grupos da pedalada, depois de beberem uns copos de tinto bom p`racaralho, no fim houve castanhada”, o pessoal compraria o jornal com a esperança de a castanhada  ser a analogia  de  porrada ou então: “Ontem quando se dirigiam para suas casas já bem bebidos, montados em burras sem motor, três ciclistas arrafeirados foram contra uma sinal de trânsito e caíram com estrondo no asfalto”, (uma noticia que de tanto acontecer já não devia ser novidade), no entanto desperta sempre a curiosidade no tuga e fica desapontado se não partiram nenhuma peça do lombo, ou das pernas, ou da cabeça, ou do c… Somos assim desde que D.Afonso Henriques bateu na mãe e havemos de ser assim, ponto final

Por isso nada melhor para esconjurar as tristezas, todas as chatices do dia a dia que nos rodeiam de falta de euros, do que à volta de umas boas febras  e um magusto gourmet à maneira como aconteceu ontem à noite no excelente convívio que a sempre dinâmica Associação Desportiva Cultural e Social de Criaz, proporcionou  na sua sede, convidando os DDR, por intermédio dos X-PAR, um convite que muito nos sensibilizou e honrou

Foram umas horas bem passadas em amena cavaqueira, qual  crise qual carapuça? alegres e descontraídos, com a companhia dos miúdos aos saltos tornando o ambiente mais humano, mais familiar a dar  razão ao ditado de S.Martinho:

– Quem bebe no S.Martinho,  faz de velho e de menino

Mas antes os dois grupos – X-PAR e DDR -, foram arejar as ideias pedalando durante 30kms  p`ros lados do monte de S.Félix e depois  ala para Criaz, com uns picanços pelo caminho quando fugíamos da chuva que entretanto começou a cair

À chegada mamamos umas febras que caíram que nem ginjas no bucho esfomeado, regadas com o gesso dos garrafões de tinto

Depois umas castanhas, amanteigadas au sal, preparadas pelos mestres João & Ernesto, assadas em rede, estavam uma delícia, sempre bem regadas com tintol claro está, porque a natureza fez este  material  seco –  é verdade que também  houve quem as regasse com outros líquidos, são os sinais dos tempos, a tradição já não é o que era, até ao provérbio tem de se acrescentar:

– Pelo S.Martinho lume, castanhas, vinho e fanta

…e depois aquela ladainha cantada pelos mestres em  volta do fogo da “queimada”, parecida com  o  ulular dos índios em redor da fogueira a pedir chuva ao Manitou, tocou-nos a todos, o certo é a queimada deu para fazer uns quantos brindes  à saúde de todos nós, felizes por termos  nascido e, evaporou-se tudo num ápice

De seguida dois artista entraram em cena com um  reportório de anedotas brejeiras, primeiro o Raul, estilo Tim-Tim “ …então ele virou para a direita”,  dando uns passos para enfatizar a personagem virando para a…esquerda; depois entra o amigo Mouchinho com “…aquela cena que dá bananas”

Foi de facto um bom serão, pouco interessa o que se disse ou ficou por dizer, o que interessou é que o maralhal saiu da frente do televisor descalçou as pantufas e por uns momentos conviveu como deve

Isto sim, são noticias positivas, que mereciam capa nos jornais e abrir o noticiário das televisões, mas como ninguém andou à porrada, não pode ser

É por essas e por outras que ao domingo só vejo as gajas da revista “J” e a  gaja da penúltima página do jornal ”O Jogo”

Em nome dos DDR, obrigado a todos, especialmente aos mestres João & Ernesto, por nos ter ensinado a assar castanhas gourmet

No regresso três elementos ddr`s, abalroaram  um sinal de trânsito  e capotaram  em dominó  nos paralelos, é a sina destes rafeiros, não há volta a dar

Hoje Domingo, só dois valentes é que tiveram tomates para se levantarem da cama e irem treinar: BRUNO e TÓZE, curiosamente dois dos três que capotaram ontem o outro, o MILO, foi à caça

O treino dos dois atletas até à Snra da Paz

2 comentários leave one →
  1. Milo permalink
    Quinta-feira, Novembro 17, 2011 14:39

    Boa Narciso!!
    Valente estalo psicologico nos politicos e personalidaes que se julgam acima dos comuns cidadãos.Quando irão perceber que a verdadeira felicidade é interior e esta não pode ser comprada com o dinheiro?
    Sugiro-lhes o BTT!

    Gostar

  2. francisco permalink
    Sexta-feira, Novembro 18, 2011 22:30

    É assim mesmo amigos, um DDR que se preze não faz isto tudo por menos, somos duros a andar, comer e tambem a buber.Ai que soudades…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: