Honrar a camisola dos ddr

(SOBRE O FÁTIMA 2012, ESTÁ TUDO NA PÁGINA ACIMA)

2012/05/20 a 17:28

por: Nelson Miranda

Honrar a camisola DDR

Pois é pessoal, assim foi hoje na maratona de Famalicão…apesar de vários contratempos, tentei dignificar a camisola..terminando esta prova, que mais parecia o raid da Lama…aos comandos da Lefty que o Pedro teve a amabilidade de me emprestar..

Dado o tiro de partida ás 9:30, rumo ao primeiro monte fizemos 5 km de estrada, ai percebi que o pixe nao é defenitivamente para mim, pois se parti nos primeiros 300, quando entrei no monte já muitos mais me tinham passado,,,por momentos ainda atirei as culpas para a bike, mas depressa comecei a elogià-la, é que começaram as descidas e ai my friends, foi sempre a rasgar e a passar people.

Se inicialmente pensei fazer os 80 km…rapidamente mudei de estratégia…pois ia a sentir-me cheio de força e a passar pessoal, decidi apostar nos 40km. Foi então que me surgiu o primeiro comtratempo a 1 ou 1,5km do abastecimento…rebentou-me a corrente ..fiz um colar com a mesma e fui a pé até ao abastecimento, decidido a dar por terminada a minha prova…mas não, pois no mesmo desencantaram-me um elo de engate e assim continuei.

Após 2 ou 3 km do abastecimento..a desmontar nao conseguia tirar a bota do pedal numa zona mais tecnica e quando me apercebo fiquei sem encaixe da bota…do Pedro, ai começei a rogar pragas, pois a dificuldade de pedalar sem os encaixes é enorme dado que o pé escorregava-me sempre que forçava.

Percebendo que a Vitoria estava perdida so tinha como desejo acabar pois mesmo para um candiato/pro como eu, não é vergonha nenhuma dar oportunidade a outros.

Quero agradecer ao Pedro pela Lefty e pelas botas…e esperando que vocês DDR´s tivessem tido um bom treino (possivel na minha ausência) …Abraço

 …e nós também agradecemos ao Pedro não só pela Lefty(???), mas também  pelas botas(????), ao ter proporcionado a tão distinto ddr, que não participasse na maratona sem burra e descalço

Ia dizer, big Nelson, que foi uma surpresa teres participado em mais uma maratona, em segredo, mas não, neste grupo onde tudo é imprevisível, já nada nem ninguém surpreende alguém, da mesma maneira que não é surpresa os imprevistos azarentos que te perseguem em todas ou quase todas as provas: desta vez fizeste um colar com as correntes; doutras chegas-te à meta com colares de câmaras-de-ar e a burra à mão; outras vezes são os azares daquelas subidas que não contribuem para um bom desempenho. Tens que ir à bruxa Nelson, se quiseres eu dou-te a morada de uma

Damos-te os parabéns porque são merecidos, pouco interessa os 526 atletas que ficaram atrás de ti, notável mesmo, foi ofereceres 58 minutos aos 202 que ficaram à tua frente. Nunca duvidamos da tua capacidade, de um Pro com a tua classe, sem os tais azares, a vitória estaria garantida, nem que virassem a classificação ao contrário. Honras-te a camisola dos ddr, mais que não fosse, ao mostrares ao povo como se voa nas descidas. Grande Nelson os ddr, te contemplam, ah pqp

Quanto a nós foi um treino à duroderoer, fomos poucos, quase sempre os mesmos, os indefectíveis que raramente falham ao domingo: Filipe, Milo, Futre, Narciso, César, Tóze, Hélder e o Bruno que não pedalou mas esteve na partida a dar apoio moral.

Desta vez tivemos a sorte de termos o Futre inspirado para farejar e, foi graças ao seu faro apuradíssimo que descobrimos trilhos nunca antes navegados pela rafeirada.

Foi um treino na escala 7 de 10, sempre à chuva, com as burras a fazerem de submarinos e os sapatos de barbatanas para atravessarmos os lençois de água, com a lama a dar uma boa ajuda.

Chegamos ao fim com o Futre no comando não dando a mínima hipótese a alguém passar para a frente até terminar-nos o treino no celeberrimo bar da ilha, com uns kilitos de lama agarradaos à pele e às burras, felizmente não a levamos toda para casa, deixamos alguma nas cadeiras do ilha, onde também ficamos a saber através do Marmelada insigne Senhor da ilha, grande apanhador de grilos para vender nas feiras, que ainda não estamos na época deles e que o cantor  Johny Abreu  – que vai estar nas festas da Snra da Guia em Agosto -, é um amigo do peito e se alguém precisar de uma cunha para cantar em festas, é só falar com ele.

Obrigado Futre pelo momento cultural na ilha, ao teres picado o Senhor Marmelada

Narciso Ribeiro

ATENÇÃO DDR:

APROXIMA-SE OS CAMINHOS DE SANTIAGO, (7,8 E 9 JUNHO),QUEM NÃO CONFIRMOU A SUA IDA, CONTACTE RAPIDAMENTE O CHICO. O TEMPO COMEÇA A ESCASSEAR PARA TRATAR DE TODA A LOGISTICA. COLABOREM