Skip to content

2º Raid X-par

Terça-feira, Maio 29, 2012

2º Raid X-par

Claro!!! hoje é para falar desta prova, se bem que, pouco mais há a acrescentar do que foi escrito na altura sobre  a 1ª edição realizada em 2011,  bastava fazer copy paste , mudar a data e….estava tudo dito, as semelhanças foram em tudo evidentes: rigor, empenho e competência. Aspetos fundamentais para que qualquer prova tenha sucesso e credibilidade no futuro, e, isso ficou patente  este ano, com o aumento de inscritos/pagantes, assim como a quantidade de nomes conhecidos do meio betetista, que fizeram questão em estar presentes, o que é sintomático do respeito que esta prova conquistou

O percurso deste ano, foi diferente, mais comprido e “mais bravo”, com trilhos inovadores; uma descida radical aos 5kms para abrir o apetite –  como é que a nós, ddr`s, nos tem escapado este single  no Marachão? -, depois foi um regalo termos continuado a pedalar por trilhos técnicos plantados à beira-rio até ao km 20 em Gilmonde, onde estava reforço e a separação dos 30/50kms

Na separação dos percursos, quem virou para a esquerda, para o de 50, o “trânsito” – que até então tinha sido intenso, originando alguns engarrafamentos pela margem do rio -, como por magia, diminui drasticamente, decerto assustados pela altimetria publicitada mas, que diabo, a maratona do Luso-Galaico teve um acumulado menor (1648m) em 68kms e este traçado, embora não fosse nada de transcendente sempre eram 1733m de acumulado, (segundo a organização), em 54kms, por isso não admira a “fuga” para os 30

No reforço, foi só esperar que o Bruno atestasse (o que ainda demorou alguns minutos) e, então fizemo-nos aos 50, à nossa frente  não se via ninguém, um fotografo/betetista, sentado no topo da subida dos “frades”, com o nick name: edyseven – informou-nos que eramos os 56 e 57. Vai daqui um abraço, por nos ter informado que não estávamos enganados e pelas excelentes fotos:Carrega aqui para ver as fotos  , de facto enganamo-nos algumas vezes, não por falta de marcações mas por falta de atenção, por irmos no paleio. Em Cristelo, depois de tanto tempo sem ver ninguém finalmente enxergamos ao longe um betetista, mais dois na retaguarda, pelo menos agora tinhamos companhia

Fizemos o percurso sem problemas, sempre a dar certinhos nas burras, tivemos uma boa ponta final o que nos permitiu ultrapassar dois ou três betetistas e chegar ao fim com a certeza que não fomos os últimos mas, se fossemos, o nosso ego não ficaria afectado porque acima de tudo divertimo-nos

No final, enquanto o Bruno atestava de novo na barraca do Alexandre, alguns betetistas sentados nas escadas da capela de S.Bento, trocavam impressões acerca dos 50,  a maioria dizia que foi duro, mas tambem houve quem achasse o percurso fácil, bom, já agora a minha opinião: foi um trajeto pica-miolos, que não matou ninguém, mas deu para um gajo chegar ao fim todo moído. Como disse um ilustre campeão X-par: “o percurso deste ano, dos 50, não parece que tem 1700m de acumulado, mas o facto é quem tem”. Ilucidativo

Parabens X-par e comecem já a pensar no 3º

Comentário do Bruno Monte, meu companheiro de aventura:

Como camaradas do pedal e amigos dos nossos conterrâneos X-PAR, participamos nós os ddr`s com todo o prazer no 2º Raid X-PAR. Alguns por competição, outros para se divertirem, mas essencialmente por espirito aventureiro e também pela amizade ao grupo X-PAR.

Apresentamo-nos para esta “diversão” o Chefe, Narciso, Paulo Fernandes, Futre, Milo, os irmãos Pinho (Emílio e Paulo), o César, eu (Bruno) e claro a Zirinha do chefe (também merece respeito). Antes de iniciar, reparei porque é que o Futre anda “uma” máquina no btt, além de quando está em prova não olhar para o caminho e apenas para o quadro da burra, desta vez  usou a QÜER, tirou-lhe o pó, pôs-lhe verniz, óleo, parafina, WD 40, gasolina super 100 octanas, taurina no bidon e na veia e lá foi ele pôr muita gente em sentido durante a prova… consta também que só 3 é que foram com as velhinhas bicicletas em alumínio, pois agora são todos atletas de alta competizione, com bicicletas de carbono…lol…

Passando à prova…começamos praticamente a horas lá do meio do “garrafão” o Paulo Fernandes nem o vimos, o César, o Chefe e o Futre como estavam ali para competir, separaram-se logo do restante pessoal, isto devido à muita confusão inicial, uma ou outra queda (uma aos 7,5km grave),  pessoal lento e falta de pernas (eu incluído). Sendo assim fiz a prova sozinho até aos 20km, onde estava o posto de abastecimento, extremamente bem recheado, comi até ficar farto. Foi aí que me encontrei com o resto da rapaziada e então eu e o Narciso zarpamos para a “brincadeira” dos 50km (durinhos). Desde que saímos do posto de abastecimento apenas vimos 5 betetistas, 3 deles só na fase final da prova, fomos a um ritmo muito certinho sem paragens, apenas postos de controlo. A prova estava bem organizada, apenas alguns cruzamentos que poderiam estar melhor sinalizados. Muitas subidas, que foram massacrando as pernas, foi um bom teste à condição física do pessoal e preparação para os caminhos de Santiago.

Os DDR agradecem aos X-PAR pela magnifica prova e pelos trilhos escolhidos alguns de enorme beleza.

PS: acabo de dar uma vista de olhos pela classificação: ficamos em 52º e 53º, o que não foi mau e se não fosse os engarrafamentos da beira- rio e o tempo que estivemos parados no reforço, até poderiamos, quem sabe? Ir ao podium? Decerto não, mas os 50º e 51º estariam ao nosso alcance

Carrega aqui para ver fotos tiradas pela organização X-par

Para quem gosta de estatísticas, aqui fica os dados certinhos fornecido pelo garmini do Bruno Monte e as classificações dos ddr´s… para coçar o ego. Eu já cocei o meu

2 comentários leave one →
  1. francisco permalink
    Quarta-feira, Maio 30, 2012 13:35

    vou colocar aqui a minha deixa,ao Tone é que o Milo Pinho nao desistiu com problemas tecnicos, ele acabou a prova , fez os 38km sem problemas alguns, quero desde já dar os meus parabens a todos DDR`s que participaram nesta magnifica prova.

    Gostar

    • Duros De Roer permalink
      Quarta-feira, Maio 30, 2012 20:54

      Pelos vistos, deram-me a informação errada e, depois, como não vi o nome nem o dorsal 48 na lista final, calculei que tivesse mesmo desistido com problemas mecãnicos e como a burra era nova…. As minhas desculpas a tão distinto membro ddr

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: