Skip to content

Noite de estrelas

Segunda-feira, Setembro 10, 2012

Noite de Estrelas

Na noite de sexta para sábado – ou seria de quinta para sexta? -, deu-se um acontecimento insólito em  S.Maria de Bouro, quando um ddr, por aqueles lados (a gozar um dia de férias atrasado?), curtia a excelente noite, das muitas que este mês de Setembro nos tem proporcionado. Contou, que viu no céu limpo, muitas luzes aglomeradas num só ponto, mexendo-se rápido em diversas direções. Sem qualquer explicação para o que estava a ver, chamou outras testemunhas para confirmar que não estava maluco, estas, confirmaram que não estava tôlo, ou então estavam todos, ficando igualmente  boquiabertas a assistir a tão estranho fenómeno, sem qualquer explicação para o que estavam a presenciar.

Seria um OV? Poderia muito bem ser um objecto voador, xpto: uma nave equipada com muitos faróis leds, iguais aqueles que o Tóze, manda vir às carradas dos antípodas e que demoram mais de dois meses a chegar pelo correio para equipar as burras dos ddr`s e do Manel Real, capazes de projetar um feixe de luz a uma distância do caraças.

O fenómeno, avistado pelo Futre, pois deste insigne ddr se trata, não tenho duvidas de que era um OVNI, senão vejamos: se fosse uma nave vinda da America ou da Russia, países mais desenvolvidos do que o nosso e com regras de trânsito rigorosas. Ora, como esses gajos andam a mandar naves para todo o lado, até para o estrangeiro para Marte, de noite são obrigados a usar muitos faróis à frente ligados para se desviarem do pedregulho dos cometas que, como toda a gente sabe, são os maiores poluidores das estradas entre planetas.

A confirmação que foi um OVNI, é que o Futre só viu luzes brancas e nenhuma vermelha. Pergunto: alguém acredita que os Americanos ou os Russos, andam por aí de nave só com faróis led à frente, feitos malucos, a assapar  de prego ao fundo, pelas vias estelares e S.Maria de Bouro, sem faróis vermelhos atrás? Claro que não. Portanto, atrevo-me a dizer que o Futre viu um objecto voador não identificado com alienígenas a brincar à procissão de velas, neste caso à procissão de leds.

A menos…a menos… que o avistanço das luzes a tremelicar tenha sido na noite de quinta para sexta, aí fico com dúvidas, porque às 02h30 da manhã é natural três gajos verem as coisas em triplicado, três luzes facilmente se transformarem num aglomerado de luzes.

Só estou a falar deste assunto do avistanço das luzes do Futre, porque é atual e foi abordado várias vezes, antes e depois do fantástico treino deste domingo.

E por falar em treinos, o de domingo passado dia 2, foi duro. A pedalar desde Apúlia, chegamos ao local da partida, estava o staff a postos para receber o primeiro bettista, que pelas contas deles, não demoraria mais do que quinze, vinte minutos a picar o ponto da chegada

Antes de iniciarmos prova por nossa conta e risco, ainda deu para conversar com o dinâmico presidente da junta, “justificando” o nosso atraso e o Bruno com a sua ex-professora do 9º ano a lamentar-se que ao fim de 20anos a dar aulas, ficou no horário zero. That`s life.

Com 50 minutos de atraso, (causados por imponderáveis de ultima hora), partimos os seis: Filipe, Milo Pinho, Milo, Narciso, César e Bruno, para a 5ª edição do btt de Curvos. Foi uma prova dura mas porreira, sozinhos, sem ninguém a atrapalhar pelo traçado, tivemos tempo para nos enganar e voltar para trás para o sentido certo, tivemos de derrubar duas paredes com a roda da frente empinada no ar e já próximo da chegada tivemos também de derrubar uns copos de branco e bolos, oferta gentil dos donos de uma quinta, um pouco agastados, porque toda a gente passava por ali sem parar, cheios de pressa. Foram bem burros, perderam um excelente reforço, só meia dúzia é que foram inteligentes e fizeram como nós.

A 10 kms da meta apanhamos o bikeman da vassoura e ainda deu tempo para ultrapassar seis ou sete bettistas antes da chegada. Repito: como previsto, foi uma prova dura, mas porreira e ainda tivemos direito a medalhas, aliás bem merecidas.

Quanto ao treino de hoje dia 9, não vou dizer nada, ficam as fotos para adivinhar onde foram tiradas, por onde andaram os five stars: Filipe, Milo Pinho, Futre, Narciso e César, também podemos considerar o Tóze, porque ainda teve tempo de se apresentar fardado no Rafas, até o malfadado telemóvel tocar e lá foi tratar das exéquias a mais uma.

Foi um treino espectacular, 40kms por locais fantásticos, depois do que vimos, custa a crer que haja pessoas que vão para tão longe gozar as férias, desconhecendo locais tão bonitos perto de casa. That`s life

Será que o Futre viu mesmo um OVNI, com faróis led?

Fotos de Emilío Pinho

 

 

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: