Skip to content

Em sentido contrário

Segunda-feira, Abril 22, 2013

O PESSOAL QUE FAZ PARTE DA LOGÍSTICA DO LUSO GALAICO, DEVE CONCENTRAR-SE AMANHÃ DIA 28, ÀS 08H30 NO “RAFAS”

Uma falha indesculpável não ter assinalado ontem o feito de 4 GRANDES DDR`s. PARABENS CAMPEÕES foi à “duroderoer” e parabens também para o 1º lugar do nosso amigo “Pierre”

Em sentido contrário

O Luso-Galaico, é desde há onze anos uma das provas nacionais de btt mais prestigiadas, que direta ou indiretamente mexe com todos os amantes deste desporto, mesmo os que não gostam das bicicletas (uma espécie em vias de extinção), acabam por se envolverem na festa e é vê-los a assistirem entusiasmados ao colorido das largas centenas de bêtêtistas perfilados ao longo da marginal de Esposende à espera do tiro de partida, e, mais tarde à chegada a conta-gotas dos atletas estafados das diversas maratonas

A uma semana da data da realização de mais uma edição do LG, nos últimos dias foi frequente encontrar em qualquer canto do concelho muita gente a dar ao pedal. Todos os anos é assim; cuidar do físico para fazer boa figura no dia da corrida e, se hoje avistamos muita gente a farejar os trilhos por onde a maratona se desenrolará, até há duas semanas atrás andavamos sozinhos à chuva pelo monte sem vivalma à vista. É a vida..

Hoje começamos por um troço em sentido contrário da maratona dos 70kms, com o objectivo de limpar uma zona onde era suposto existir muita lenha a dificultar a passagem dos bêtêtistas, infelizmente (eh,eh), alguém se antecipou e limpou quase tudo, assim só perdemos alguns minutos para desviar o resto dos paus e deixar o trilho livre de ameaças perfurantes e destruidoras de  pneus, desviadores e trambolhões também e… continuamos

“não é por aqui… temos que voltar para trás” – gritou o Berto a certa altura na retaguarda do grupo, compenetrado a estudar o Gps -, e o grupo voltou para trás – “ afinal estávamos certos, o track era o de 35kms” – desculpou-se o Berto com naturalidade e lá voltamos novamente à primeira forma

Enganamo-nos poucas vezes, ou porque o track era da meia-maratona, ou porque estávamos a pensar na morte da bezerra, ou porque metíamos por onde nos dava mais jeito, ou a nossa intuição nos ordenava. As dúvidas desta vez até eram legitimas, porque memorizar um percurso no meio dos pinhais num sentido, não é o mesmo se for no sentido inverso, mas seja como for, uma coisa é garantida, com enganos ou confusões, os ddr`s padecem todos da falta de stress…disse todos?…bom, quase todos e às duas por três fizemos um manguito ao trabalho e fomos para um dos nossos locais preferidos de verão, a nossa estação de lavagem do Meril nos Feitos, se bem que, desta vez foi um pouco mais abaixo na cascata e só com três malucos a aventurarem-se na água gelada

Na volta foi pedalar de prego a fundo, só paramos para cumprimentar o Mota que desta vez trocou a ponte e foi passear a suas criancinhas junto ao mar no Ofir

De tarde o Seara ainda teve tempo para participar na gincana de Criaz. Ah grande Seara

One Comment leave one →
  1. Bruno Monte permalink
    Terça-feira, Abril 23, 2013 0:36

    Não estou a perceber, a inaugurar a época balnear sem mim??? Onde é que anda o espirito DDR…lol…brinco…claro que fazem muito bem, estou contente por sempre que passam na lagoa vão a batismo. Próximo fim-de-semana já aí estou…grd abraço

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: