Skip to content

Os vence dores

Segunda-feira, Novembro 4, 2013

ATENÇÃO DDR: DOMINGO 10, ÀS 08H00 NO “RAFAS”

MOTIVO: TREINO EM ALTITUDE EM VC

Os vence dores

“A maior parte das coisas que dizemos e fazemos, não é necessária; quem as eliminar da própria vida será mais tranquilo e sereno”.

Quem disse isto foi o imperador romano Marco Aurélio, um gajo esperto, que viveu há perto de dois mil anos.

Realmente hoje o que fizemos e dissemos ao Seara, à saída do Rafas, não foi a mais correta. A quantos de nós já aconteceu ter um furo ou outra avaria qualquer, ao iniciar um treino? Praticamente a todos. A nossa atitude d`hoje, foi chunga. Desculpa Seara e prometemos que não voltamos a deixar-te… bom, prometer, prometer, conhecendo os protagonistas desta história, é um bocado difícil mas também, não temos totalmente culpa de sermos assim brutos, atitudes como as de hoje, estão-nos no sangue, deve ser uma coisa ancestral, pois até o tio Marco Aurélio no tempo dele, topou que havia gajos em Roma a mandar postas de pescada e a fazer m****, desnecessariamente como nós.

Olha Seara para retaliares o gesto feio de hoje, quando alguém furar ou avariar durante um treino, deixa o grupo para trás e eles qsf e contínuo sozinho.

VENCEDOR, segundo o conceito de Abel Xavier, treinador de futebol recentemente despedido do Olhanenses, é alguém que vence a dor. Nunca tinha pensado no assunto nestes termos mas, sendo assim, o Xavier arranjou um dilema: afinal quem é mais vencedor? Quem chega em primeiro, que ganha aos adversários, que com mais ou menos dificuldade vence a dor, ou é alguém que faz das tripas coração e com dificuldade extrema consegue vencer a dor e chega em ultimo? Pelo conceito do Abel Xavier, se chegarem mil atletas ao fim de uma prova, são todos vencedores porque todos venceram a dor e se for o ultimo  o que mais sofreu então é…o mais VENCEDOR! É isso Abel? Eu que fiquei em setecentésimo e tal na maratona dos 5 Cumes e cheguei ao fim à rasca, portanto fui um dos vencedores…, Obrigado Abel, estimulas-te a minha auto-estima, vou já alterar a minha lista de últimos  e, deixa que te diga  Xavier, estou solidário contigo por não teres conseguido  ser um vence  dor, no Olhanense

Também nós, no treino de hoje vencemos a dor ao subir à Snra da Guia em Belinho e depois na descida a toda a bolina, pelo trilho técnico, cavado da chuva até Antas. Foi bonito pá, muito bonito, ver um antigo elemento ddr Adelino Silva, o Lino, mostrar que não perdeu o jeito p`ra coisa e com uma burra a pesar uma arroba e tal, subir o monte e descer como um  home grande, sem um queixume. Quando o gene ddr é bom, perdura para sempre e ponto final.

E foi graças ao Lino – e por isso é proclamado o herói do dia -, que descobrimos o “saidegatas” em Antas. Um aprazível refugio, bem à nossa medida, para nos reabastecermos quando formos para aqueles lados e estivermos com falta de… água, ou cheios de larica, como aconteceu com o Martinho depois de acabada a digestão do empanturramento de castanhas de que foi alvo no dia anterior, que o obrigou a tolher o passo da burra dos autocolantes, durante todo o treino.

Meus caros ddr`s, os que não venceram a dor da noite do halloween e ficaram na cama, ou foram vence-la para outro lado, deixe que vos diga – tirando a tal pedra do sapato, chamada Seara  e o Mota não estar no café Sport em Fão, à nossa espera para nos receber como pessoas importantes que somos -, foi um treino muito PORREIRO!!!!!

Os ddr`s: Chico, Emílio e Paulo Santos, Lino, Narciso, Seara e Martinho

 

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: