Skip to content

Mas…sete semanas?

Domingo, Fevereiro 9, 2014

Mas…sete semanas?

Toda a a gente sabe que andar de bicicleta é um dos desportos mais salutares, os benefícios são muitos e, como em qualquer desporto tambem no ciclismo estamos sujeitos a dar uns trambolhõezitos de vez em quando, de resto não deve haver ninguém que se gabe de não ter dado com os cotos no chão e que não tenha umas medalhas espalhados pelo corpo. Ossos do oficio, o que ninguém sabe é que um bom trambolhão de bicicleta pode ser benéfico ou… não, dependendo do ponto de vista, como do caso que vou descrever, publicado um dia destes no Jornal de Noticias:

“Acidente deixa-o sete semanas com ereção”

“Uma queda de bicicleta deixou um jovem irlandês de 22 anos com uma sequela do que seria expectável: uma erecção que durou sete semanas. [….]  O jovem cuja identidade não foi revelada, sofreu uma queda, caindo sentado na barra central da bicicleta, e depois disso apresentou uma erecção ininterrupta. Segundo a publicação Irish Medical Journal, só depois de cinco semanas o Irlandês procurou atendimento do médico.[…] O primeiro tratamento aplicado foi à base de compressão manual. Os efeitos duraram pouco tempo e a erecção voltou de forma instantânea. Um outro tratamento com recurso a compressas foi aplicado durante duas semanas, mas também sem efeito.”

A noticia não esclarece como a coisa voltou ao normal, mas a conclusão a tirar é que o irlandês não tinha pressa de voltar ao antes do trambolhão e fez render o beneficio providencial da queda, pois de contrário teria ido imediatamente ao médico e não ao fim de cinco semanas.

Agora digam lá se andar de bicicleta é ou não divertido, onde até os trambolhões são estimulantes e bons desencravadores.

 Mas…SETE SEMANAS??????????

Curiosidade:

Vejam o antes e depois: há três semanas estivemos em cima destas dunas por trás da capela da Snra da Bonança no Ofir e hoje estão neste estado. Uma situação mais complicada que as torres do Ofir tão badaladas nos ultimos dias. Vejam tambem como está neste momento a azenha do Minante no rio Neiva. Nem dá para ver se a ponte ainda está de pé:

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: