Skip to content

Um domingo de Outono

Domingo, Outubro 5, 2014

por António Maia (Tozé)

Bom dia a todos e em especial ao nosso amigo Narciso que sempre nos habituou a estes textos elaborados e muito bem escritos!
Antes de mais, li este texto com alguma emoção, pois senti alguma tristeza da parte dele, o que não estou (estamos) habituados a ver, pois se há alguém alegre e que transmite alegria é o nosso Narciso! Sim, sem dúvida que os trilhos de Santa Luzia, sempre nos proporcionam trilhos de grande beleza e adrenalina como foi o caso o deste domingo, embora o Bruno nos tenha obrigado a frio a fazer uma subida que só os prós (Emílio Santos, Solinho e o Seara) a fizeram facilmente. Passamos por paisagens lindíssima como sempre e até passamos pelo “rego” que me foi familiar nas minhas primeiras idas à Santa Luzia, se quiserem relembrar, basta ir ao YouTube e colocar “o tombo do tozé” e verá do que falo!
Terminamos o trilho numas belas cascatas nunca visitadas pelos DDR, penso que o nome delas era “cascatas das cabanas”.
Para terminar, amigo Narciso, não és só tu que te das a pensar o que nos andamos a fazer ao domingo de manhã, acredita, que todos sem excepção, damos por nós a olhar para o lado a tua procura e só depois reparamos que não estás lá, e aí bate a saudade de alguém que nos faz falta e de um bom amigo que nos proporciona momentos caricatos, momentos de alegria e diversão! Acredita que estamos todos ansiosos para que voltes em breve e que nos alegres com essa “panca” especial que tens de nos fazer sorrir.
Um grande abraço de todos os DDR

Obrigado Tozé pelo conforto das tuas palavras. Quando se tem amigos destes é mais fácil a determinação de enfrentar o «monstro». Obrigado ddr`s pela vossa solidariedade.

Um domingo de Outono

Narciso Ribeiro

O dia de hoje foi calmo, contrariando o meu desejo de ser um dia bem mexido com o resto da cambada, como sempre o fora em semanas a fio de anos consecutivos. Aborrecido com o novo paradigma a que me sujeitei do esquema de treinos por motivos de força maior, não fui com os ddr`s para S.Luzia e ao invés de gozar com os trilhos espetaculares do monte, fui com a minha zirinha do pixe, dar uma volta nas calmas até Barcelos. Como é normal num domingo de manhã, encontrei muita gente a bicicletar e outros em off. Em Vila Seca, lá estavam os Amigos por Natureza e o Nuno Martins dos Amigos da Montanha mas…à civil, descontraídos a cavaquear. Em Gilmonde, um grande grupo de betetistas dava por terminado o treino e preparavam-se para a hidratação técnica com umas bejecas fresquinhas, digo eu, mas não é dificil de adivinhar que assim foi, porque o pessoal do btt não brinca em serviço e sabe cuidar de si. O grande grupo eram os Gilmonde BTT, claro que a minha saudação foi correspondida quando os cumprimentei de passagem, embora me sentisse um pouco envergonhado com a minha zirinha pixeira

No regresso de Barcelos, dei comigo a imaginar, o que a andaria a cambada a fazer? Meio-dia e meio, a esta hora era bem provável que estivessem tambem na hidratação técnica depois daqueles trilhos que nos fizeram saltar a tampa de outras vezes, por cima das pedras, agua e lama desde as eólicas, a experimentar novos trilhos malucos e se o Rui foi um dos que fez parte do grupo deste domingo, é mais que certo que andou a inventar saltos macacos com a Intense downhilleira. Se não foi, o Filipe, o Emilio Santos e o Tozé encarregaram-se do show.

Resta-me a esperança que um dia regressarei a essas maluqueiras saudaveis com a minha burra jolly que, coitada continua tristonha com os pneus sem ar, desejosa de me apanhar em cima, para com uns valentes coices me descarregar sem apelo nem agravo nas pedras ou no meio do mato sem se importar com ameaças veladas. Até lá, como diz o nosso amigo Futre, vou tirando o pó de vez em quando à  zirinha pixeira.

One Comment leave one →
  1. Emilio Hipolito permalink
    Segunda-feira, Outubro 6, 2014 16:30

    Pois é Narciso, eu este fim de semana também não foi com a cambada ddr`s, para Viana,mesmo não tendo ido por opção, existe sempre a vontade de estar nos dois lados ao mesmo tempo, por isso te compreendo quando dizes que tens pena de não poderes acompanhar o grupo.Mas sabes, fico muito contente por ver que a tua boa disposição continua e que vais praticando desporto mediante as tuas possibilidades pois reforça o teu sistema imunitário e a tua bike de estrada é uma boa substituta a tua estimável zirinha.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: