Skip to content

Mais um ano de esperança

Domingo, Janeiro 4, 2015

Mais um ano de esperança
“olha! tudo de fixe, muita paz e amor, tás a ver? e muito dinheiro e que governo arranje empregos para todos e…”, quem respondia a esta futurologia toda, a uma pergunta do repórter da televisão sobre o que mais desejavam para o novo ano, era um casal amparado um no outro, com a piela ainda a meio, felizes, com uma garrafa de champanhe na mão, e uns barretes enfiados na cabeça com cornos de rena de cada lado, depois de assistirem na praça do Terreiro do Paço à sessão de fogo-de-artifício a celebrar a entrada de 2015
Este costuma ser o estereótipo de desejos, faltando a saúde, que todos os portugueses desejam sempre que começa um ano, se calhar nos outros países também é assim, não sei, depois essas esperanças tem tantas hipóteses de concretização como acertar na lotaria e, então o desejo de ter muito dinheiro vindo do nada nunca se materializa e chegamos ao fim de dezembro ainda mais tesos.
2015 será como todos os anos, há-de passar num instante como os outros. Começa sempre bem e acaba sempre mal e depois voltam os mesmos desejos de sempre e que 2016 seja melhor que 2015. Entregamo-nos ao fatalismo e vivemos na desejo de que a santa providência resolva os nossos problemas e esquecemo-nos que é preciso fazer mais qualquer coisa além da esperança.
Deixemos por agora 2015 em paz e voltemos para as noticias dos ddr, aliás escassas neste primeiro domingo do ano e foi precisamente no primeiro domingo de janeiro de 2012, que subimos o Marão até ao parque do Alvão debaixo de frio intenso, chuva e nevoeiro e ao fim de 50kms chegamos a Campanhã Vila Real, enregelados e cobertos de lama na esperança de um banho quente retemperador e em vez disso, foi-nos servido um chuveiro com água gelada. Foi uma prova dura mas das mais espetaculares em que os ddr participaram, daquelas que perduraram na memória dos tempos.
Hoje foram vistos dois ddr em S.Lourenço, mas a fonte de informação só conseguiu identificar o equipamento, mais tarde foram vistos dois insignes ddr, Futre e César a picar o ponto de saída numa esplanada junto ao mar, presume-se que sejam os mesmos de S.Lourenço. Falta saber se andaram extraviados do resto do grupo ou se foram os únicos a picarem o ponto às 09h00. Aposto nesta ultima hipótese.
Atenção bettistas de todo o mundo, os trilhos do Luso Galaico 2015, estão delineados e dizemos-vos que são os mais espetaculares de sempre, só para quem gosta de puro btt e da natureza. Palavra de ddr nunca engana. Aqui ficam algumas fotos tiradas pelo Chico um dia destes:

One Comment leave one →
  1. Emilio permalink
    Segunda-feira, Janeiro 5, 2015 11:10

    Tens razão narciso, esta rafeirada anda toda dispersa uns por cada lado, e eu não posso falar porque este fim de semana fugi ao grupo, está tudo a ressentir-se da tua falta do nosso bem humorado mentor, mas num futuro próximo já te vamos ter novamente e tudo volta ao normal. Abraço!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: