Skip to content

Pelos bastidores do LG

Terça-feira, Abril 28, 2015

1.Sabado e domingo, foram dias de Luso Galaico. Como sempre, desde há muitos anos, os ddr´s colaboraram com a organização na delineação dos trilhos assim como a responsabilidade de assinalar e policiar uma parte do percurso. Este ano tocou-nos o trilho com maior fluxo de bettistas: a meia maratona.
E, pela parte que nos tocou, demos o nosso melhor, pois nãp podia ser de outra maneira, para que não houvesse falhas e ainda prestamos assistência mecânica e física a bettistas em dificuldades com a burra empenada e com espasmos musculares e ainda a outros (a mais solicitada),cuidamos da sua hidratação para que continuassem com a moral em alta, graças aos shots milagrosos da mala térmica bem recheada do Futre. Depois, apesar da pouca dificuldade, também demos umas dicas aos mais renitentes, em como fazer a descida do single track dos Feitos em cima da burra sem medo. Os que acataram os conselhos do chefe safaram-se sem cair, os outros renitentes que fizeram ouvidos moucos, ficaram bem no vídeo do Tozé a voar por cima ou a rastejar por baixo das fitas das marcações ou abraçados aos pinheiros, that`s life.

2.Descobrir e testar a configuração dos trilhos (extreme, maratona e meia maratona), talvez não seja das tarefas mais difíceis numa prova desta envergadura, mas é seguramente a mais importante e trabalhosa que começa a ser elaborada seis ou sete meses antes da data do evento, para que depois tudo termine com sucesso. E, mais uma vez, a fazer fé no feedback dos participantes, apesar de alguns contratempos de ultima hora, da chuva caída na vespera a dificultar as marcações (e que acabaria por afastar muitos concorrentes no domingo), e de um ou outro alerta para alguma situação a evitar no futuro e outras que nos ultrapassam – disso daremos conta a quem de direito -, no geral todos os bettistas demonstravam satisfação por terem participado e quando assim é, o objetivo de proporcionar um fim de semana agradável de convívio e divertimento pelos trilhos das freguesias do nosso concelho – UM PRIVILÉGIO DA NATUREZA -, e freguesias dos concelhos vizinhos, ao fim de tantas canseiras e preocupações, é sempre gratificante e compensador sentir que valeu a pena todo o esforço despendido. Quanto a nós, ddr`s, mesmo pedalando pelo lado de fora também acabamos por nos divertir.

3.Uma palavra para os ddr que mais uma vez, já é recorrente, tão bem nos representaram nas maratonas: nos 70km em masters B o Paulo Fernandes ficou em 4º e 8º na geral; nos 45km em elites o Tiago Seara foi 3º e 8º na geral. Parabens aos dois.

4.No próximo fim de semana 3 maio, um bando razoável de ddr vai estar presentes no Douro Granfondo, prova de estrada com 2000 inscritos e uma altimetria de respeito para os não profissionais. Para quem não tiver pedalada para os 174kms, por 10€ pode inscrever-se até ao próprio dia no Douro Granfondo GOURMET e fazer uma incursão às Caves Vale do Rodo para provar vários vinhos produzidos pela casa e iguarias tradicionais e a distancia é só de 15kms e planos. Tentador, não é ddr`s? Ainda há inscrições…

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: