Skip to content

Sra do Minho 2015

Terça-feira, Setembro 1, 2015

Video da sra do Minho 2015

1.Embora já passassem uns dias, só agora é que houve uma brecha no tempo, para contar alguma coisa do que se passou no dia 25. Foi precisamente há uma semana, que passamos um dia top, como de resto são todos quando os ddr`s se juntam para uma aventura que, invariavelmente, termina de forma amalucada e ainda não foi desta que houve excessão à regra.

2.Quando nos preparávamos em S.Lourenço da Montaria, para o assalto, as nuvens envolviam por completo o alto da Sra do Minho o que significava que era mais que provável que desta vez não iríamos desfrutar da vista panorâmica sobre os vales imensos em redor da serra que, por mais que se repitam estas escaladas de deixar os bofes de fora, no fim a paisagem compensa-nos do esforço e transmite-nos a paz de espírito necessária para a alma recuperar confortavelmente.

3. Começamos sem pressas, sem stress, afinal o dia estava por nossa conta, todos a postos, foi só esperar uns minutinhos pelo Bruno que pedalou sozinho por sua conta e risco desde Viana do Castelo, tirar a foto de grupo e lá vamos nós, o maior bando de sempre iniciar a subida à Sra do Minho, alto que faz parte da cordilheira da serra d`Agra.
Os 9 kms até ao cimo são sempre a subir, por estrada de pixe esburacada, fizemo-los sem problemas de maior, nas calmas, com o tempo fresco a dar uma ajuda, bem mais agradável que os 40º d`outra ocasião que originaram algumas cenas caricatas, recordadas enquanto pedalávamos, como a do Hélder a tentar mitigar a sede com a água que escorria pelas rochas e com a reserva de ar esgotada logo no inicio da subida, deixando a burra Ramson a andar muito devagarinho, e a perder peças o que lhe valeu um valente raspanete do Bruno.
– Alô Helder, um abraço da cambada aí p`ra Bélgica.
À medida que nos aproximávamos do cimo, o nevoeiro tornava-se mais espesso, os que se distanciavam meia dúzias de metros, rapidamente desapareciam da nossa vista. Só enxergamos a capela da Sra do Minho de muito perto.
O mês que ontem terminou foi um grande barrete com o tempo a fintar-nos constantemente os planos, a impingir-nos outono em vez de verão, por cada semana, agosto só nos ofereceu um dia quando muito dois de veraneio.
Foi neste ambiente que, como disse o Paulo Fernandes: os ddr`s tomaram de assalto a Sra do Minho. Realmente dezasseis manfios os únicos, sem vivalma pelas redondezas que, com bom tempo, teríamos quase de certeza adversários munidos de farnel piquenicante para os atacar-mos de forma descarada, como daquela vez…
À falta de adversários, a rafeirada dedicou-se a praticar pedra ao alvo mas sem o molestar, nem de raspão e o frasco enfiado num pau por lá continuou incólume e livre da cambada de mirolhos.
A 1ª parte de recreio tinha terminado

4. Ansiosos, iniciamos então a 2ª parte da operação descida ddr, era para isso que aqui estavamos, virados a oeste, por belos trilhos mais ou menos planos que a serra nos proporcionava, as nuvens como por encanto tinham desaparecido e agora eram nítidas as eólicas no horizonte e vacas, muitas vacas freak de brinquinhos nas orelhas de ambos os lados do estradão. Com o ambiente propicio, o Tino aproveitou esta atmosfera bovina com poucos escolhos e, ao passar numa cova mandou-se para o chão com a burra e algum espalhafato. Cada um tem a sua fé.
E eis-nos no local do começo da nossa missão: descer a serra pelo trilho ddr, baptizado assim porque não consta que mais alguém o tenha feito de bicicleta além de nós, portanto continuaremos a reivindicar que somos os únicos com falta de mioleira a descer a serra por este trilho infernal com troços bastante inclinados e grandes obstáculos de pedras e buracos.

5.Este trilho, para quem não o conhece, divide-se em duas partes: a primeira é de pedras soltas e ratoeiras com buracos entre calhaus, a segunda o epicentro da descida, com mais inclinação de pedras fixas numa extensão de quase 3kms. É um trilho físico e técnico muito exigente e, embora a primeira parte tenha algumas zonas de terreno limpo não evita que cheguemos a meio com fortes dores musculares nos braços.

6.Não sendo transcendente, são no entanto 5 kms fodidos de fazer principalmente para quem tem pouca propensão para estas radicalices doidas mas que nos deu imenso gozo fazer, a mim deu, graças à velhinha SantaCruz 26´ que mostrou que está pronta para downhillar sempre que for preciso.
No fim independente de uns serem mais hábeis e rápidos que outros, todos nos sentimos realizados por termos conseguido mais uma vez comer o trilho sem acidentes o que é curioso para os nossos padrões…bom, pelo menos que se visse, porque como disse o Martinho no fim, por vir sempre atrás, teve a vantagem de ninguém ver os seus aterranços. Ah grande Martinho assim é que é, sinceridade acima de tudo.
Depois da descarga cavalar de adrenalina, os últimos kms até Montaria, foram feitos em alta velocidade por um largo estradão, com obstáculos de pouca monta e a espremer as burras até ao limite.
A grande desilusão desta aventura, foi o Caçana estar fechado e sermos obrigados a um Caçana de recurso na Cinda em Correlhã, que por acaso até se portou bem, já da cambada não se pode dizer o mesmo, a protagonizar cenas eventualmente chocantes mas, que se há-de fazer a rafeirada é assim…
Depois disto tudo, perguntam os mais distraídos: porque fazemos coisas pouco ortodoxas como esta de descer por caminhos do diabo? E nós respondemos: porque sim, pelo Caçana, porque nos dá pica, porque está no cerne dos ddr, porque gostamos de sentir a adrenalina, porque nos faz sentir vivos, PORQUE SOMOS DUROSDEROER, PORRA!!!

Algumas fotos – falta a do grupo, que ninguém sabe onde pára e o vídeo do Chico:

One Comment leave one →
  1. Francisco permalink
    Sábado, Setembro 5, 2015 16:56

    FOI UM DIA BEM PASSADO, PENA SER 1XANO

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: