Skip to content

…e as pontes, canudo?

Terça-feira, Fevereiro 23, 2016

1.Começamos como habitualmente, sem rumo definido. Um grupo bem comportado, composto por 11 duros – faltava o Seara que aquela hora devia estar em concentração, para participar em mais uma prova de XCO para o campeonato regional do Minho em Fragoso -, rapidamente nos pusemos no meio dos pinhais de Vila Chã, perto de S.Lourenço. Já se sabe que quando vamos p`ra aqueles lados (ou outro qualquer), esperamos sempre que aconteça qualquer coisa de… normal. Com 15kms ainda só tínhamos perdido o chefe e o Solinho que, cabecinhas no ar, desenfiaram-se por outro caminho, infelizmente durou pouco a nossa alegria pois dali a um quarto de hora, lançaram um apelo via telemóvel para lhes dar-mos a nossa posição mas, foi contrariados que lha demos, eles qsf. Estavamos na Abelheira.

De novo juntos e aos zigzagues pelo monte de Belinho acima, deixamos para trás dois gajos, o Futre e o Narciso, eles qsf também, mas estes, batidos nestas rafeirices de grupo, não lançaram apelos de localização e continuaram na boa até dar com a cambada repimpada no cimo do monte, a tirar fotos ao cruzeiro e à paisagem.

Era inevitável que, uma vez ali, se seguiria a descida radical pelos trilhos da Sra da Guia até Antas, a ver se a coisa animava um pouca mais com uns trambolhõezecos pelo meio, mas nada, nem um p`ra mostra, com aqueles buracos de metro, toda a gente se cortou de cavalgar a burra. Já agora aproveitamos para lançar um pedido ao Sr presidente da junta, para dar uma arranjadela naquilo, aqueles trilhos estão uma lástima e nós às vezes passamos por lá. Tome nota Sr presidente, senão o seu eleitorado nunca mais vai ver por esses lados os famosos durosderoer e são vocês quem ficam a perder com a nossa ausência.

E em Antas, eis que finalmente a coisa começou a animar a sério, primeiro um belo trambolhão do Marco, daqueles de deixar um gajo todo abananado num trilho onde os da frente fartaram-se de partir lenha com a burra e com a cabeça. Dois kms depois o Chico resolve espetar um prego na roda deixando o pneu a bufar e a babar-se, DSC_0035. A festa estava a aquecer, mas o climax da animação estava reservado mais à frente, quando nos preparávamos para atravessar o rio Neiva e demos pela falta de um pedaço da ponte, p`raí dois metros, agora sim, a quinze minutos do meio-dia, o dia estava ganho.

Foi um regalo, ver os injinheirus, das pontes a trabalhar, a fazer contas de cabeça, a calcular a espessura das vigas, o Mackgyver a beira destes senhores é um nabo, só visto e o que mais impressionou depois da ponte reparada, foi o injinheiru Tó ter dado um mergulho para ver se os pilares estavam em condições de suportar o peso da cambada toda, infelizmente nestas coisas de bem-fazer, as más-línguas começaram logo a dizer que o mergulho se deveu a uma escorregada da viga…enfim, à cada um…

Mas a festa não acabou aqui, com toda a gente em segurança no outro lado, felizes e alegres por termos desobedecido ao chefe que queria voltar para trás e, porque um bem nunca bem só, um kms depois outra ponte arruinada, esta de madeira sobre um braço do rio, tinha desaparecido e os destroços encontravam-se, na outra margem.

Com o Now know adquirido na outra ponte, depressa resolvemos o problema desta, foi só entortar uma arvore para fazer de passadiço e desta vez foi o injinheiru Tó Solinho o primeiro a fazer o teste…bem, o entortar está a mais, a arvore já estava torta, decerto mandou-se p`ro chão ao pressentir que o Nelson estaria connosco. As fotos e o vídeo mostram tudo.

Gananciosos, queríamos mais e como não há duas sem três, ainda tínhamos esperança que a ponte do Minante tambem estaria escaqueirada, infelizmente estava direita. Paciencia, três pontes desfeitas, já era pedir de mais.

E assim voltamos para Apulia city a todo vapor, possessos a picar as burras, com a média a rondar os 40km/h porque já era tarde e ainda tínhamos umas contas a ajustar no Controverso e o Milo um treino (?) às duas.

Foi um treino à medida, como disse o Bruno no fim e os dez elementos: Filipe, Chico, Emílio Santos, Milo, Paulo Santos, Futre, Narciso, Tozé, Solino e Marco, subscrevem por baixo.

  1. O Tiago Seara foi 10º na prova de XCO de Fragoso. De todos os ddr`s, parabens Seara.
  1. Está em vista, porque nos sentimos órfãos espiritualmente, fazer um abaixo assinado para o regresso do Nelson Miranda. Trataremos disso nos próximos dias

fotos e video de Narciso Ribeiro:

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: