Reminiscências do Luso Galaico

12654608_1064542946918976_2056145340988352530_n1.Já passaram dois dias do fim de semana dedicado em exclusivo ao Luso Galaico.

Como decorreu esta 14ª edição do LG, está tudo dito nos imputs recebidos quer verbalmente, nos fóruns e em abundância nos posts do face Luso Galaico

Foi positiva e, quando assim é, todo o esforço de dias extenuantes em que as quatro equipas responsáveis pelos traçados deram o máximo para que no dia D tudo estivesse au point, foi recompensado.

Do que foi dito e escrito, mesmo as queixas mais absurdas que, entre outras, a de que não havia placa informativa da separação das maratonas de 45 e 70, que em tom zangado nos foi dirigida por um betetista, que depois de verificadas esta e as outras situações, rapidamente concluímos que não tinham ponta de fundamento.

Os responsáveis do LG e em particular o pessoal do terreno, nós ddr em conjunto com os outros três grupos, X-par`s, Octávio (e a sua equipa) e os grandes mentores e responsáveis pelo Extreme João Ribeiro e Rui Novo, saberemos tirar as devidas ilações.

Terminou com sucesso o Luso Galaico 2016, temos consciência que o sucesso não é obra do acaso, ou o final e se alguma falha houve sem que nos apercebêssemos não é fatal, o que conta agora é ter coragem para continuar, porque daqui a seis meses começa o Luso Galaico 2017 e a mística do Luso Galaico tem de continuar.

2.Pela nossa parte, endereçamos os parabens a todos os participantes e como não podia deixar de ser aos vencedores das diversas categorias, destacando os Apulienses por serem nossos conterrâneos: Celestino Faria 1º lugar da geral e 1º master A; Tiago Seara da Costa 1º em Elites; João Pedro Faria e Paulo Fernandes 2º e 3º lugar em master B e o 6º lugar em master C do Milo.

PS: obrigado a todos os nossos colaboradores que nos ajudaram do policiamento dos diversos cruzamento. Obrigado.

logo3.Agora há que recuperar porque no próximo domingo, temos o Douro Granfondo onde os ddr à semelhança do ano passado vão participar em grande numero.