Skip to content

DDR pelo Transcavado 2017

Domingo, Setembro 17, 2017

1.Pronto, os 4 indomáveis duros de roer, Chico, Milo, Bruno e Tozé, que em modo Slow Race, ontem arribaram a Vieira do Minho, com um valente empeno, hoje deram à costa em Esposende muito menos empenados e vivinhos ds silva e nem o atentado ao desviador da mula do Milo, que ficou todo enrodilhado, quando iam bem embalados, foi impedimento para chegarem ao pórtico da fama, defronte do estuário do rio, a horas decentes para serem glorificados por tamanho feito, cuja bravata teve inicio na serra do Larouco a 1525m de altitude onde nasce o rio Cavado, o padroeiro de toda a “desgraça”, durante dois dias pelos 160kms de navegação btt GPS.

E assim, os nossos valentes duros, já agraciados com a medalha finisher a atestar, que, sim senhor, eu a partir de agora, também faço parte do grupo restrito que se esfarraparam todos, pelo percurso durissimo do Transcavado, foram encontrados longe da ribalta, com a marmita do almoço, sentados na berma do passeio, transfigurados com mascaras de pó, ainda a processarem o que lhes tinham acontecido mas, com olhares e sorrisos matreiros que só eles saberão desmistificar o que realmente se passou.

 

2.Bom, agora um bocadinho mais a serio, os verdadeiro campeão disto tudo, do Transcavado 2017, em modo Race, foi o GRANDE DDR EURICO CUNHA, pese embora o terceiro lugar na geral, p`ra nós foi o grande vencedor, que com um tempo canhão fez os 160kms com 3500 d+ em pouco mais de sete horas, só ao alcance de grandes campeões como é o caso do Cunha. Nós míseros ddr que fugimos à liça e ficamos em casa, em vénia te saudamos, oh grande gladiador das montanhas, assim como a outro ilustre campeão CELESTINO FARIA, que limpou o Slow Race em primeiro lugar, com muita categoria.

A todos os ddr`s que participaram no Transcavado 2017, PARABENS e aos nossos amigos X-par`s e aos Gilmonde btt, para quem os desafios nunca são difíceis e é sempre com gosto quando os encontramos na mesma luta.

 

3.Duas notas: a primeira para o Otávio Sá para lhes desejar rápidas melhoras, do tombo sofrido na serra do Larouco e a outra para o nosso ainda ddr Nelson Miranda, que em plena prova de Race, foi forçado a abandonar devido a dores nas costas. As melhoras grande Nelson.

 

 

 

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: