Saltar para o conteúdo

O efeito Armando?

Sexta-feira, Março 29, 2019

Primeiro passou o Agostinho, o do Xiringuito, equipado à ddr, o tal que aqui há uns tempos apanhou uma coça – no dizer dele – no celebre treino de 9dezpp, em que tivemos de picar o ponto mais cedo para o Martinho honrar o compromisso feito antes de sair de casa, de que só voltaria com um frango assado p´ro almoço.

O Agostinho vindo da marginal de Esposende, pedalava em direção à rotunda da Solidal, com meneios de cabeça agitados, como se procurasse algo, por ex: alguma ave rara. Nem uma buzinadela serviu para lhe despertar a atenção e lá continuou com olhar de Lince em direção a Apulia city.

Mais à frente, demos de caras com dois X-pars, Simão(zinho) e Alexandre, acabados de deixar o cruzamento da EN13, pedalando a par em direção à marginal e, pelos trejeitos no olhar, parecidos com os do Agostinho, ficamos com a ideia que farejavam qualquer coisa, mas o quê?

Desta vez não tivemos tempo de buzinar, continuamos atentos a ver se encontrariamos mais aves conhecidas no meio dos muitos bandos que aquela hora próxima do meio-dia pululavam pela estrada depois de terem terminado as manobras montanhesas e pixeiras.

E encontramos, no sentido oposto ao nosso, em Belinho encontramos dois garbosos ddr: O Martinho na frente e o Solinho (Soares) atrás, pedalavam furiosamente.

Compenetrados a fazer rolar o pedaleiro, nem corresponderam à buzinadela amiga da saudação, só tinham olhinhos p`ro pixe e… para o horizonte.

Intrigados por ver ddr às pinguinhas, provavelmente ainda haveria mais por outras bandas, não acreditamos que os ddr deste domingo se resumissem a estes  três mas, interrogamo-nos, porque carga d`agua pedalavam em grupos dispersos e olhares esquisitos?

Será que o pombo Armando, o formula 1 dos pombo-correio, fugiu da China e não nos apercebemos da noticia e agora estavam atentos a ver se lhes saiam o euromilhões, isto é, a ver se encontravam o Lewis Hamilton dos pombos-correio? É que o Armando vale 1,25 milhões de euros, ou então estavam a tentar imitar o Armando, pelo menos o Martinho, pelo jeito furioso com que pedalava e puxava o Soares.

Apúlia, 24 março 2019

 

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: