Quem agarra o Miguel?

Juro que não fomos nós que assaltamos o café S.Bento na freguesia da Varzea, quer dizer, jurar jurar, talvez não, porque um elemento do grupo disse que dormiu pouco por ter feito um trabalhinho de noite até às quatro da madrugada e como não explicou o tipo de trabalhinho, pairam no ar algumas suspeitas e, como o criminoso volta sempre ao local do crime….mas, não, não foi ninguem do grupo que abriu à marretada uma porta na vidraça do café da Varzea onde nos reforçamos para fazer os restantes 40kms, até terminar o treininho pixante de 90kms que serviu essencialmente para lubrificar os músculos para o próximo fim de semana até ao concelho de VN de Ourém.

Enquanto pedalávamos pela Povoa, Famalicão, Barcelos, Feitos, Esposende e etc, na Régua quatro ddr: Bruno, Cunha (fez parte da equipa Maulini Sá da Suiça), Tozé e Miguel, também pedalavam pelas espetaculares estradas dos socalcos das vinhas do Douro pois fizeram parte dos 2384 ciclistas que embarcaram  na Régua para a aventura de participar no 5º Douro Granfondo e a prova correu tão bem que o Miguel, novato nestas coisas de granfondices, ficou tão eufórico com a experiencia que já avisou ao mundo dederriano que a partir de agora vai participar em todos os granfondos e dos mais compridos que lhe apareçam pela frente. Assim é que é, grande Miguel e se o Cunha, dois dias antes do Douro, foi a Santiago de Compostela em 10 horas, só numa tirada, o Miguel a continuar assim, quem o agarra ? A pedalar deste jeito sem estribeiras, daqui a pouco vai a Santiago com a zirinha de estrada e volta no mesmo dia e se for numa quinta ainda sobra tempo para fazer o treino à noite.

Para terminar fica a promessa ao Nelson, de que havemos de ir à Vacaria nem que seja de…mota! eh, eh